terça-feira, abril 01, 2008

Força!

Forças demais!
Borbulhando dentro de mim...
Vai, vai, vai!
Vai explodir!

Segura força!
Ainda não estou pronta.
Para, para, para!
Antes que fique louca...

Ebulição total.
Transborda peito afora.
Sangue, sangue, sangue!
Trilha da aorta.

Segura peito!
Preserva: essa força é toda tua.
Rasga, rasga, rasga!
Dilacera, liberta a carne crua.

1 escritos:

Fábio C. Martins disse...

Forte, porém, em certas horas, mais do que ideal.
Praticamente a paixão dentro de nós... tem horas que parece explodir, mas outras que nos deixa louco...

Beijos