domingo, junho 22, 2008

Vidência

Por Ana Marques

A vidente, rosto seco e sábio
olhou-me, um olhar esquálido
e disse de sopetão:
- Encontra seu destino.
- Isso não tem preço.
Ensaiei meu sorriso tímido
e perguntei, meio sem juízo:
- E ele deixou o endereço?

1 escritos:

May Alek disse...

Através do Littertura cheguei aqui. E gostei. Parabéns pelo blog, pela escrita sensível. Sucesso ao seu livro!
Maisa Aleksandravicius