sábado, fevereiro 21, 2009

Indivisível

foto por win-initiative

Por Persephone/Ana Marques

Você não me conhece.
Pare de olhar
minha vida invisível.

Você não me adivinha
na brisa que canta
a ira divina.

Minha vida, luz instável,
inefável, não a agarrará.
Jubileu no horizonte.

Você não me conhece.
Pare de olhar
minha vida indivisível.

0 escritos: