quarta-feira, abril 14, 2010

Encaixe

imagem: LackColor

Buscava
o meu, o teu, o nosso dia.

Nós poderíamos ter sonhado juntos. Encaixando vidas que não seriam ordinárias. Entretido o tempo que não teria hora marcada. Poderíamos...

no entanto

meu senão se transformou em porquê da tua fobia. Teus desencontros se perderam em meus soluços. Minha mão macia se moldou à tua nuca e te encaixou no meu quadril. Torci teus joelhos com meus pés e te tangenciei em mim.

mas fugiste...

e nós não nos encontramos. O espelho escureceu, as peças se soltaram. Não estamos aqui.

Não te vi encaixado em mim.
Não me viste enroscada em ti.

Fomos desfeitos em blocos soltos para não mais nos cruzar.

Ana Marques

4 escritos:

[ rod ] ® disse...

Belo texto ao pé da bela imagem. Ela foi feita, sem dúvida, para suas palavras e eu, que de orgulho fico, encontrei-a para você. O 'nós' que há em cada 'eu' entrelaçado é tão frágil que ao primeiro chute deixa o arranhões menos simbólicos e mais reais!

Um bom dia moça e obrigado por tudo.

disse...

Tantas palavras no tempo passado transformaram um futuro promissor em desencaixe.

Lindo texto, e bem real...

Beijo doce em ti!

Felipe A. Carriço disse...

É por essas e outras que sempre odiei ganhar quebra-cabeças no Kinder Ovo. Rs!

jusandres disse...

Nem sempre as peças se encaixam como gostaríamos, né?
Mas o pior, é quando elas se encaixam, do jeitinho que a gente quer, mas por algum motivo, elas começam a se desencontrar...
Enfim, triste, mas bonito. ;)

Beijo, Ju
http://jusandres.wordpress.com/